Piadinhas

O pequeno índio pergunta para o cacique:
— Cacique Touro Valente, porque todo índio ter nome engraçado?
— Ser muito simples — explica o cacique. — Sempre que nasce novo índio, primeira coisa que mãe vê quando acaba de dar à luz, virar nome de filho.
— Ah! Então por isso minha irmã chamar Lua Brilhante?
— Isso mesmo, irmã de você nasceu noite muito bonita!
— Por isso nome de irmão ser Águia Dourada?
— Sim… Eu ver que você entender direitinho, Burro Cagando!

Em certa época da história, foi dito aos egípcios:
– Eu vos ofereço um mandamento.
– Qual seria o mandamento?
– Não cometerás adultério.
– Não obrigado, isso arruinaria nossos finais de semana.

Então foi aos assírios e disse:
– Eu vos ofereço um mandamento.
– Qual seria o mandamento?
– Não roubarás.
– Não, obrigado, isso arruinaria nossa economia.

E assim foi perguntando a todos os povos, até chegar aos judeus.
– Eu vos ofereço um mandamento.
– Quanto custaria?
– Nada, é de graça.
– Então manda dez de uma vez!

Depois de embromar alguns anos, o jovem gaúcho vai até a casa da
namorada com a nobre missão de pedir sua mão em casamento. O pai da moça vai logo fazendo as perguntas de praxe:
– Quais são as suas intenções com a minha filha, rapaz?
– Bah, tchê! São as melhores intenções possíveis!
– Já vou avisando! – diz o velho, levantando a voz – A minha filha gosta de pint@ grande, grosso e bem duro!
– Ah, então somos dois!

Um recémcasado vai ao médico, desolado:
– Doutor, antes do casamento minha mulher era um vulcão. Mas agora ficou glacial, nem olha mais pra mim.
– Leve essas pílulas e dissolva uma por noite na comida ou no café e faça ela tomar. Mas tome cuidado que elas são muito fortes. Se a dose for errada pode ser perigoso!
O cara segue à risca a receita do médico, mas não obtém resultado com a mulher. Aumenta um pouco a dose e nada. Aumenta mais um pouco, a mulher continua uma rocha. Desiludido, resolve acabar com a vida da mulher e até com a própria vida. Joga o frasco inteiro das pílulas naquele que seria o último jantar do casal.
Depois de alguns minutos, a mulher começa a se contorcer e diz no ouvido do marido:
– Hum… Tô com tanta vontade de ter um homem!
E o marido:
– Que coincidência… Eu também!

A polícia está dando a maior batida por conta de um assalto ocorrido no banco, quando param uma Kombi cheia de japoneses.
– Desce todo mundo! – ordena o policial. – Mãos na cabeça!
Eles obedecem em silêncio.
– Agora um por um, vai falando o nome – torna o policial.
E eles:
– Sartamo Obanko.
– Matamo Okasha.
– Kontiro Nosako.
– Katamo Osnique.
– Saimo Koreno.
– Fugimo Nakombi.
– Osguarda Pararo.
– Tomamo Noku.

Anúncios

Sobre molequepiranha
Um Blog Onde Vooce Naum Pode Bobiiar (66

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s